Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marcos Resende Poemas

Marcos Resende Poemas

Poeminha Para-Choque

Índice Poema ◦ Índice Geral

 


Calendas, terra da gente,
até garçom é prepotente!

Calendas, cidade pujante;
até freira é arrogante!

Princesa que tem de tudo:
até mendigo é posudo!

Cidade maravilhosa:
até puta é presunçosa!

Pátria da camaradagem:
até mudo conta vantagem!

Zona de excelente clima:
até nanico olha por cima!

Terra de caboclo macho:
nem defunto quer ficar por baixo!

Município nota cem,
tudo aqui é especial:
rato pensa que é leão,
plebeu acha que é barão,
sargento, que é marechal!


Calendas, 1990

Índice Poema ◦ Índice Geral

Poemas

  •  
  • Pesquisar

     

    Marcos Resende